Água grátis

Lei foi aprovada na Câmara Municipal em São Paulo que obriga bares, restaurantes, lanchonetes, padarias e cafeterias a fornecer quando pedido pelos clientes, água filtrada grátis.

A autoria do projeto são dos vereadores Adolfo Quintas (PSD) e Xexéu Tripoli (PSDB) e foi sancionada pelo Bruno Covas (PSDB) através de um movimento ‘Me Conta Direito’ com 6 mil apoiadores.

O prazo para entrar em vigor é para daqui 1 ano e deverá constar no cardápio a oferta. Caso o estabelecimento não cumpra com a lei poderá ser multado em até R$ 8 mil.

No Japão, ao entrar em qualquer restaurante, mesmo que o cliente não peça, é fornecido água gelada como se fosse um drink grátis da casa. A rede japonesa Sukiya fornece um chá gelado bem leve e refrescante numa jarra à vontade e em outros a garçonete já trás numa bandeja um copo de água gelada para cada um juntamente com o cardápio.

Isso pode dar muita discussão. Os japoneses com uma população mais idosa, apesar de ter o ‘drink bar’ (um setor de bebidas à vontade mediante uma taxa), não costumam beber refrigerantes e sucos nos restaurantes como os brasileiros. E com o fornecimento de água, muitos poderiam deixar de pedir outras bebidas mais caras.

Acredito que haja um período de adaptação e para nós só pelo fato de fornecer água mostra uma certa maturidade e nada vai impedir da experiência dos clientes de ter os itens à total disposição, pagos ou não.

Dê sua opinião abaixo sobre o que você achou.

Leia mais outros assuntos como esse, clicando aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *